Formas de Utilização dos Óleos Essenciais

 

blog sandalo

 

Inalação: é um método bastante eficiente no trato das afecções respiratórias como: sinusite, resfriado, tosse, irritação da garganta, catarro, e de stress.

O aroma penetra pelo nariz e as células olfativas captam as moléculas aromáticas por meio dos cílios, enviando impulsos nervosos para o sistema límbico, no cérebro. Com a chegada dos impulsos nervosos, o sistema límbico (uma espécie de arquivo de cheiros e sensações) reconhece as moléculas aromáticas e as identifica. É por isso que certos aromas são capazes de afetar nosso humor, trazer lembranças, provocar sentimentos de alegria, tristeza, saudade, etc.
Prosseguindo o caminho, o sistema límbico passa a informação sobre o aroma para o hipotálamo que, por sua vez, repassa para a hipófise. A informação vai, então, para outras glândulas e influencia a atividade imunológica, o batimento cardíaco, a produção de enzimas e hormônios.
As moléculas aromáticas que entram pelo nariz também seguem pelas vias respiratórias até o pulmão. Nos alvéolos ocorrem as trocas gasosas. De lá, a moléculas vão para o sangue junto com o oxigênio.

Métodos:

– Coloque em um pano 6 a 8 gotas de OE e faça três inalações profundas. – Coloque 3 ou 4 gotas de OE em um recipiente com água quente e inale o vapor durante 3 a 5 minutos, cobrindo a cabeça com um pano para evitar que se disperse as partículas de óleo.

Advertência: Feche os olhos ao inalar. Pessoas que sofrem de asma não devem realizar este método.

Banhos: um banho com OE, pode ser relaxante, sedativo, tônico, estimulante, afrodisíaco, refrescante, revigorante. É útil para aliviar dores musculares, afecções da pele, mas sua grande valia é no combate ao estresse.

Coloque de 6 a 8 gotas de OE na água quente, em uma banheira. Não esquente demasiadamente a água porque o óleo evapora-se com rapidez, permaneça no banho de 10 a 20 minutos.

Compressas: este método é muito eficaz para aliviar dor e reduzir inflamações. Acrescente 4 a 5 gotas de OE em um recipiente com água, em seguida imerge o pano na água, torce para eliminar o excesso de água e coloca sobre a região afetada.

Compressa quente, é eficaz em caso de dores musculares, cólicas menstruais. Quando a água esfria repete-se a operação.

Compressa fria, é eficaz para combater cefaléia ( aplica sobre a testa e a nuca ), inchaços, devendo ser trocada logo que a temperatura do corpo se aquece.

Aplicações tópicas: são úteis nas doenças cutâneas como a acne, aftas.
Os óleos essenciais aplicados na pele entram pelos poros e vão para os vasos sangüíneos que irrigam a derme. Depois, seguem para a corrente sangüínea, para o sistema linfático, músculos e órgãos.

Vaporizações: É ideal para a desinfecção de ambientes ou roupa de cama, é também um modo agradável de perfumar uma peça ou um ambiente, através de difusores elétricos ou a vela, ( o calor da chama converte a água e o óleos essencial na forma de um delicado vapor aromático) ou com aromatizadores em spray.

Gargarejo : É uma grande ajuda para o tratamento das superfícies mucosas orais, em aftas, gengivas inflamadas e mal hálito. Coloque 4 gotas do óleo essencial apropriado em ½ copo de água morna e bocheche, sem jamais digerir a substancia.

Massagens : é uma maneira importante para a aplicação dos óleos essenciais, sendo do ponto de vista físico, o modo mais eficaz de introduzi-los no organismo. Acontece uma interação entre o poder terapêutico do toque e a escolha dos óleos essenciais adequados à condição física, emocional e ao temperamento do paciente/cliente naquele momento específico.

Outras formas: Escalda pés, acrescentar em máscaras faciais, banho de acento, águas perfumadas e refrescantes.
Diluições:

Os óleos essenciais são substâncias potentes e muito concentradas, por esse motivo têm que ser diluídos para facilitar sua aplicação e para não provocar reações cutâneas. A forma de diluição dos óleos essenciais é diluindo-os em óleos vegetais (carreadores ) evitando sempre qualquer substância sintética, bem como óleos do reino mineral (glicerina e vaselina) e do reino animal (lanolina), pois interferem na absorção do óleo essencial pela pele.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked